Fuinha para o LHS | O maior colisor de partículas do mundo foi parado pela mordida de uma fuinha

O LHS (O Grande Colisor de Hádrons), localizado entre a França e a Suíça, é o maior colisor de partículas do mundo e pertence ao CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear). O equipamento é usado para coletar dados de colisões entre feixes de partículas.

A falta de luz chegou após uma fuinha morder um transformador elétrico, o que, além de deixar todo o laboratório de CERN sem luz, levou o animal à morte.

Outro caso com animais atrapalhou o centro de pesquisas, quando um passarinho supostamente causou uma queda de energia após derrubar um pedaço de pão em uma parte exposta do colisor e provocar um superaquecimento no setor.

Todo o equipamento é caro, chegando ao custo de € 4,6 bilhões (cerca de R$ 14,5 bilhões), mas o dano tem conserto muito mais simples e barato.

Veja abaixo uma foto mostrando o tamanho do Grande Colisor.

colisor-de-hadrons-out

Compartilhar:

G.A. Oliver

O nerd mais sexy da internet! Blogueiro, músico, estudante de Física "Trabalho na OBA! (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica) como planetarista e faço parte do GFRJ (Grupo de Foguetes do Rio de Janeiro)". Instagram e Twitter: eugaoliver

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta