Fusão de duas galáxias é registrada pelo Telescópio Hubble

É comum no meio da astronomia acreditar em fusão de galáxias. Isso ocorre quando duas galáxias se aproximam bastante uma da outra e, devido a força de atração gravitacional, ambas acabam atraindo-se até se tornarem uma só galáxia muito mais maciça. Acredita-se que muitas galáxias atuais, incluindo a Via Láctea (nossa galáxia) foram formadas assim.

Esse feito foi registrado pelo Telescópio Hubble, que trabalha em órbita do Planeta Terra. Trata-se de duas galáxias espirais, a maior, NGC 2207, e a menor, IC 2163. O registro mostra que as forças da maior (NGC) distorcem a forma da outra e arremessa gás e estrelas.

O processo não é tão rápido quanto parece. As galáxias já sofreram a primeira “colisão” e agora estão se distanciando. Porém, devido à grande força gravitacional da NGC, IC não possui energia suficiente para escapar e logo, futuramente, será atraída novamente a passar pela outra galáxia, até que um dia o processo de fusão seja concluído.

Tweet do perfil oficial do Hubble
“#HubbleClassic Milhões de anos luz de distância, essas duas galáxias estão realizando uma dança gravitacional que as levará a fusão em seu grand finale galáctico. Vislumbre estas e outras interações galácticas no mais novo álbum do Hubble no
Flickr: https://t.co/KqstpCWyGS

Fonte: http://www.obadeolhonoceu.com.br/blog/astronomia/2019/05/12/hubble-registra-fusao-de-duas-galaxias/

Compartilhar:

G.A. Oliver

O nerd mais sexy da internet! Blogueiro, músico, estudante de Física "Trabalho na OBA! (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica) como planetarista". Instagram e Twitter: eugaoliver

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.