Whatsapp | Mudança em app foi uma boa ideia?

Todo mundo conhece o app mais utilizado no mundo para contato direto. Por muito tempo o WhatsApp tem sido um dos meios de comunicação mais utilizados no mundo, sempre buscando agradar ao usuário. Mas uma recente mudança em seu modelo pode fazer cair sua reputação, quando a maioria não ficou nada satisfeita.

Neste novo modelo, o status não é mais escrito, onde os usuários podiam colocar frases bonitas e marcantes para seus contatos saberem como se sentem ou a mensagem que querem passar. Mas agora se trata de vídeo ou foto. O usuário poderá postar um arquivo de mídia (vídeo ou foto) e compartilhar com todos os contatos por um determinado período. Tal modelo já vêm sendo utilizado em apps como o Snapchat e o Instagram.

Na verdade, o pioneiro neste tipo de compartilhamento de status foi o Snapchat, que chegou em 2011 e rapidamente conquistou o público com a facilidade de postar vídeos e fotos que duram apenas alguns segundos e que podem ser também enviadas secretamente. Foi um app muito polêmico no início, mas logo soube cuidar da situação e lançar atualizações que deixam o usuário mais “seguro” enquanto utiliza a rede social. Depois, o modelo foi copiado pelo Instagram, que disponibiliza um pouco mais de tempo de vídeo, mas não possui a mesma qualidade e variedade do Snapchat.

Conforme a maioria dos usuários tem mostrado um grande desprezo pela atualização, fica o questionamento: estaria o WhatsApp dando seu primeiro passo para perder o lugar entre os favoritos da galera?

Existe um grande grupo de seguidores de outro app que batalha com o WhatsApp, o Telegram. Com o desgosto dos usuários, os Telegrametes podem começar a se preparar para uma nova corrente de influências, tentando “converter” as pessoas ao “maravilhoso mundo do Telegram”, como costumam fazer sempre que o WhatsApp apresenta um problema qualquer.

Compartilhar:

G.A. Oliver

O nerd mais sexy da internet! Blogueiro, músico, estudante de Física "Trabalho na OBA! (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica) como planetarista e faço parte do GFRJ (Grupo de Foguetes do Rio de Janeiro)". Instagram e Twitter: eugaoliver

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta