Brooklyn Nine Nine 6×09 – The Golden Child [Line de Séries]

O episódio em que aconteceu um dos reencontros mais esperados de dupla latina da cultura pop chegou e não decepcionou. O único ponto negativo é que Lin Manuel Miranda não seja personagem regular do show.

Nono episódio da sexta temporada de Brooklyn Nine Nine, as pessoas conhecem como “The Golden Child”, eu gosto de chamar de o episódio em que o superfã da série, Lin Manuel Miranda (se você não sabe quem ele é = astro, gênio, milionário, quase um EGOT, uma das mentes mais brilhantes de Hollywood) finalmente faz sua participação. Como ele mesmo já disse, essa é uma das únicas séries que ele acompanha e o mesmo até fez campanha para que a série fosse salva do cancelamento. Se Lin gosta de B99, nós amamos B99.

O episódio em questão fala da “rixa” que Amy tem com seu irmão David, por ele ser o modelo perfeito e conseguir ser melhor que ela em tudo que ele faz. Até que David é preso por posse de cocaína e ela acha que o seu momento de brilhar finalmente chegou, e é hilário ver ela tomando esse outro lado, com o Jake tentando apelar para a racionalidade da esposa, o Jake! Eles então tem que ir em uma missão para limpar o nome do Santiago, que estava trabalhando infiltrado para derrubar a máfia brasileira (grande representação do Brasil, falaremos disso mais para a frente). Essa missão rende a cena mais engraçada do episódio: Amy e David dançando. É difícil descrever porque ela teve um nível de comédia muito espetacular, daquelas que dói a barriga de rir e você volta a cena para rir mais.

Eu não sei porque as referências ao Brasil foram colocadas ali, mas eu agradeço a pessoa que colocou. Acho que a intenção foi falar de algum país latino e eles não levam em conta o fato de que somos sul-americanos, mas ok. Foi muito bom ter o nosso ego massageado dizendo que brasileiros são maravilhosos, parecemos com a Bundchen, somos cheirosos (mesmo que ele estivesse falando da máfia brasileira).

Lin Manuel Miranda arrasou, as estrelas desse episódio foram ele e Melissa Fumero. Lin parece que carrega sempre com ele um pouco de seus personagens anteriores (Alex Hamilton eu to falando de você) e se juntarmos as falas de B99 dele podemos fazer um musical da Broadway). Melissa estava sensacional, maravilhoso ver ela sair do lado certinha da Amy e bancar um pouco de megera.

A segunda frente do episódio foi apenas razoável e legal de se ver com o Charles transformando uma missão em uma grande peça de teatro. A única cena incrível foi Stephanie Beatriz atuando como Rosa atuando em outra personagem.

Repito: O erro desse episódio foi não terem anunciado Lin Manuel como personagem regular (e por que não fixo) da série. No demais, continua seguindo o caminho do oitavo nos trazendo episódios sensacionais, leves de assistir e mostrando que é o sitcom da década.

Nota final: 5/5

Até o próximo caso, 99 squad!

Compartilhar:

Lais Alves

19 anos, se esforçando pra sobreviver em uma dessas cidades tumultuadas de São Paulo e tentando ser pogliota. Quer muito ser cinéfila, mas o interesse nos blockbusters acaba atrapalhando. Suas heroínas favoritas são, secretamente (ou nem tanto) a Feiticeira Escarlate e a Mulher Gavião e chora quando vê algum famoso na frente.

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.