Fam 1×06 – Pregnant Pause [Line de Séries]

Abram alas para o melhor episódio de Fam da temporada até agora. Depois do último ter sido um pouco mais sério, Pregnant Pause te faz rir do começo ao fim. Atenção: contém spoilers!

O episódio começa com Nick (Tone Bell) e Clem (Nina Dobrev) descobrindo que Shannon (Odessa Adlon) trouxe um garoto, Kyle (Curran Walters, de Titans) para dormir na casa. Depois de muito debate, as meninas acabam fazendo um acordo: Shannon não irá mais trazer garotos se Clem parar de bisbilhotar as coisas dela. O problema começa quando Shannon, conhecendo a natureza da irmã mais velha, deixa um teste de gravidez positivo de propósito no quarto para a outra descobrir, quebrar o acordo e ela poder continuar trazendo Kyle. Dito e feito: a bisbilhoteira encontra o teste e entra em pânico.

Somos apresentados então a Ben (personagem de Blake Lee de Parks and Recreation), melhor amigo gay de Clem que, aleatóriamente (esse é o melhor jeito de definir os dois conversando), aconselha ela a dar abertura para que Shannon chegue nela e conte sobre o assunto. Porém, as coisas começam a desencadear um mal entendido muito grande: Nick chega em casa e encontra o teste de gravidez que Clem esqueceu de voltar para o quarto da irmã e se desespera, já que os dois tinham conversado sobre esperar para ter filhos.

A partir daí, vem as melhores sequências do episódio: ele vai até a casa dos pais, e a comemoração que a Rose (Cheryl Lee) faz quando descobre é impagável, o Walt (Brian Stokes) conta que ela já até tem todas as coisas do bebê compradas e os dois ajudam Nick quando ele conta que não se sente pronto. Quando ele vai falar com a Clem, já mais animado, ela fala “nós nem sabemos quem é o pai” achando que ele estava falando do teste da Shannon e essa foi definitivamente a melhor cena de todas, é aquele momento para rir até ficar sem fôlego, principalmente quando Clem fala que poderia ser qualquer um. Se isso não fosse um sitcom, ele provavelmente agiria de outro jeito, mas nessa cena, ele só ficou olhando com a melhor cara de “Whaaaaaaat?”. É uma cena tão engraçada que chega a ser difícil descrevê-la. Meus parabéns aos roteiristas que escreveram, foi clichê, mas foi muito bom.

Até que Shannon confessa a Clem que era uma pegadinha e já que a outra quebrou o acordo, que irá continuar trazendo garotos, o que obriga a mais velha a lhe dar um ultimato bem de mãe mesmo “você está na nossa casa, nós te amamos, mas vamos cuidar de você do jeito certo se você ficar” e depois de um momento bem Shannon irônica, a garota decide que vai ficar e até dá um abraço na irmã, surpreendendo todo mundo, pois acho que foi o primeiro momento fofo entre elas desde que a série iniciou.

O episódio definitivamente mostra evolução dos personagens, com Clem assumindo o papel de mãe e Shannon entendendo o que é ter país de verdade e nos prestigia com ótimas atuações, mesmo para uma série sitcom. Tone Bell dá um show, Sheryl e Brian são divertidíssimos e tem muita química juntos e é revigorante ver o Curram em cena (saudades Jason Todd). Não gostei do Ben, achei desnecessário o estereótipo de melhor amigo gay e egoísta, mas ele ainda vai aparecer em mais 5 episódios nessa temporada, vamos ver no que vai dar. Fam é aquela série que todo mundo deveria dar uma chance, chegou faz pouco tempo mas vem conquistando seu valor e seu espaço dentro da grade da CBS. Quando eu comecei, confesso que não esperava tudo isso, mas ela vem me surpreendendo a cada episódio.

Nota final: 4,8/5 (Os 0,2 vão para a conta do Ben)

Até a próxima semana família!

Compartilhar:

Lais Alves

19 anos, se esforçando pra sobreviver em uma dessas cidades tumultuadas de São Paulo e tentando ser poliglota. Quer muito ser cinéfila, mas o interesse nos blockbusters acaba atrapalhando. Suas heroínas favoritas são, secretamente (ou nem tanto) a Feiticeira Escarlate e a Mulher Gavião e chora quando vê algum famoso na frente.

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.